quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Cruz de Querétaro

Templo e Convento da Santa Cruz

No centro histórico de Querétaro (capital do estado de Querétaro de Arteaga, no México) se encontra um convento onde, segundo a tradição católica, os “chichimecas” foram derrotados pelos espanhóis (na colina de San Gremal). Por detrás de uma cruel batalha, os indígenas se renderam ao ver no firmamento uma grande cruz e a imagem do apóstolo São Tiago. Neste lugar se construiu o templo e ex-convento da Santa Cruz (no século XVII).
Ao parecer, os indígenas não aceitaram a cruz de madeira que os espanhóis colocaram no lugar e esta foi substituída por uma grande cruz pedra que hoje se conhece como Santíssima Cruz dos Milagres.
Templo e Convento da Santa Cruz


A cruz de canteira (pedra), que sai em procissão uma vez ao ano, momento em que se sente cheiro de ervas, cheiro este que só esta árvore possui.

Este lugar há sido objeto de uma história muito particular. Conta-se que uma de tantas vezes que chegou a este Convento cansado de suas fadigas missionárias Frei Margil de Jesus, cravou seu bastão em um dos hortos, resultando de uma árvore rara. Esta árvore tem uma peculiaridade que não se há encontrado em nenhum outro lugar: ela dá espinhos em forma de cruz e com pequenos espinhos que formam os cravos de Jesus.

A árvore dá espinhos em forma de cruzes, no pátio do convento.
(Tiveram que cercá-la com uma grade para que os fiéis não a despedaçasse, já que cada um quer levar sua “cruz”).

Detalhes dos espinhos em forma de cruz:






Um comentário:

  1. Estive lá e é fantástico, imperdível.Ademais, Querétaro é uma cidade encantadora.
    Luiz Sérgio

    ResponderExcluir